Viajando com o bebê

Senhores passageiros, bebê a bordo, vamos decolar!

  

Chegou a hora do Pedrinho ganhar os céus para conhecer as bisavós no Sul. Muita emoção pela frente e muito trabalho também!
Dá preguiça só de pensar no tanto de coisas que precisamos levar. Vou dar apenas um exemplo: 160 fraldas. Agora pense no carrinho,bebê conforto, produtos de higiene, tapete de atividades… E o frio. Saímos do Rio de Janeiro com quase 30ºC e viemos pra casa da minha mãe no Rio Grande do Sul e está 10ºC!
A parte boa foi que papai veio de carro e trouxe tudo, então facilitou muito. 
Eu e Pedrinho viemos de avião. Muito ansiosa, recrutei minha sogra pra ir ao aeroporto conosco: anotem essa dica porque vc vai precisar fazer xixi antes do vôo e não tem como fazer se estiver só vc e o bebê. Ela ficou comigo até o último minuto antes de entrarmos na sala de embarque. Depois dali, ficou tudo mais complicado. Com duas bolsas, a minha e a dele, fui comprar uma água e quase dei 50 reais e ia deixar o troco de tão atrapalhada que estava. Comprei um chocolate pra me acalmar. Só não pensei com que mão eu ia abrir a embalagem… 
Como a companhia aérea não passou as informações com clareza pelo telefone, preferi ficar sem o carrinho (mandei pelo marido). Descobri, já dentro do avião, que eu poderia ter ido até a porta da aeronave com o carrinho e ali ele seria despachado. Aprendi pra próxima!
Outra dica: comprei a poltrona “espaço mais”, porque não existe mais isso de colocarem quem está com bebê na primeira fila. Foram os 40 reais mais bem gastos da viagem! O bebê vai solto no seu colo, a princípio achei uma bizarrice, mas paciência. 
Na decolagem, mamadeira a postos para evitar a pressão no ouvidinho do pequeno! Durante o voo, Pedrinho dormiu um pouco e quase não chorou. Sinal de que meu terço de Nossa Senhora Aparecida na bolsa fez efeito, porque isso não tem como planejar, é obra do divino mesmo!

Anúncios

Um comentário sobre “Viajando com o bebê

  1. Lari, eu viajei com o Dudu pra Porto Alegre quando ele tinha 5 meses. Estava mega ansiosa mas ele se comportou maravilhosamente bem. Até pro colo da passageira ao meu lado ele foi.. Vc sabe, o guri é ‘dado’. Sorri pro poste. O bom é que a babá foi comigo, então não encarei o primeiro voo sozinha. Parabéns! Assim vamos enfrentando os desafios da vida com um bebê.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s