Sujeira, sujeira, não faz assim comigo…

  Jogada no sofá, exausta, reclamo da sorte porque Pedro sujou a fralda, a roupa e o carrinho. Uma coisa daquelas… De repente, me dou conta que acabamos de chegar de viagem e que se o desastre tivesse sido uma hora antes seria dentro do avião. Então me dou conta do tamanho da minha sorte. E da sorte de ter sido uma boa viagem, do Pedro não ter chorado no voo, de eu ter finalmente conseguido levar o carrinho até a porta da aeronave.

Não que eu seja uma Poliana, adoraria ser, mas não sou. Sou uma gata borralheira que tem mais sorte que juízo. E como andei jogando na megasena, tô doida pra saber se gastei toda minha sorte hoje ou ainda  dá pra sonhar com o sapatinho de cristal da Loboutin. 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s